Julián Fuks vence Jabuti

0

O finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2016, Julián Fuks ganhou o Jabuti deste ano na categoria romance com o livro A resistência (Companhia das Letras). O segundo lugar ficou com Luis S. Krausz, autor de Bazar Paraná (Editora Benvirá) e o terceiro foi para Sheyla Smanioto, com Desesterro (Record). Sheyla também foi finalista do Prêmio São Paulo como autora estreante com até 40 anos.

Os vencedores do Livro do Ano do Jabuti, nas categorias ficção e não ficção, serão conhecidos em um evento no dia 24 de novembro, na capital paulista. Eles vão ganhar um prêmio de R$ 35 mil. Já os vencedores da cada categoria recebem um troféu e uma gratificação de R$ 3,5 mil.

Criado em 1958, o Jabuti é um dos mais tradicionais e consagrado prêmios literários do país. O maior diferencial em relação a outros concursos é a sua abrangência: além de valorizar escritores, o prêmio destaca a qualidade do trabalho de todas as áreas envolvidas na criação e produção de um livro. Este ano foram laureados autores em 27 categorias.

Para acessar a lista completa dos vencedores, clique neste link.

Compartilhe

Deixe um Comentário

1 × dois =