Fotógrafo recria pratos da literatura

0

“Quero transformar o que vejo e o que sinto ao ler em imagens.” Foi este o mote do projeto Fictitious Feasts (Banquetes Fictícios), do fotógrafo e leitor apaixonado Charles Roux, de 23 anos.

A célebre madeleine de Proust. As sobras do alimento em decomposição que Gregor Samsa, já metamorfoseado em inseto, come com gosto no livro de Kafka. As três porções de mingau por dia, uma cebola duas vezes por semana e o meio pão aos domingos do pobre Oliver Twist de Charles Dickens. O mítico boeuf en daube (ou guisado ao molho tinto) de Virginia Woolf.

Roux quis montar visualmente a refeição de vários personagens marcantes da literatura mundial, criados por escritores famosos, como os já citados, além de Lewis Carrol, Gabriel Garcia Márquez e Melville.

Cada fotografia exigiu bastante esforço e imaginação. Roux precisou da ajuda de amigos na coleta dos itens que constituem as cenas. Outro ponto foi achar a locação perfeita, que trouxesse a aura que ele buscava. O fotógrafo foi até para a Itália para fazer alguns cliques.

Veja algumas das imagens:

Compartilhe

Deixe um Comentário

treze − 1 =