Circuito fechado (Florestan Fernandes)

0

Circuito fechado – quatro ensaios sobre o ‘poder institucional’ reúne textos autônomos escritos entre 1966 e 1976, época de transformações na vida do país e, diretamente, na do autor, afastado da USP pelo AI-5 em 1969 para se tornar professor na Universidade de Toronto e em seguida voltar ao Brasil na condição de exilado interno. Além de seus quatro ensaios-capítulos divididos em duas partes, o volume conta com prefácios do autor e da organizadora. O título do volume refere-se ao ‘fechamento’, naquele período, com a ditadura militar no país e o acirramento da Guerra Fria no exterior, das opções históricas (revolução ou reforma) que permitiriam a superação de uma sociedade historicamente dividida em classes não apenas antagônicas mas, também, afastadas social, política e economicamente – em que a burguesia parasita um Estado fechado à maior parte da cidadania, e tudo leva à perpetuação da sociedade exclusora que emergiu de uma independência feita pelas elites escravistas coloniais, de uma libertação dos escravos que os lançou das senzalas às favelas e de uma república e uma industrialização que, mutatis mutandis, repetiram o processo da independência.

Compartilhe

Deixe um Comentário

cinco × 3 =