BVL promove Clube de Leitura sobre Mafalda

0

Nesta sexta-feira, 26 de fevereiro, a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) promoveu mais uma edição do Clube de Leitura. No dia, a discussão foi sobre um personagem mais do que especial: as tirinhas da Mafalda, personagem icônico do quadrinista e cartunista argentino Quino. Ela, nas palavras de Umberto Eco era uma ‘heroína de nosso tempo”. Criada em 1964, comporta-se, claro, como uma garota de sua idade, 6 anos, mas tem uma visão muito contestadora do mundo e por muitas vezes, anticonformista.

Alguns integrantes do Clube de Leitura a compararam com a Mônica, do brasileiro Maurício de Sousa. Mas ressaltam as diferenças: enquanto Mônica tem uma visão infantil e de criança, Mafalda entende o mundo de uma maneira adulta e, por isso, é mais universal. Para outros participantes ela é similar ao que Charlie Brown e o Snoopy são nos Estados Unidos, “personagens que mendigam um pouco de felicidade numa sociedade desenvolvida e capitalista”, como escreveu certa vez Umberto Eco.

Durante o programa permanente, se falou sobre a turma da Mafalda: Manolito (o capitalista dono de uma mercearia), Susanita (menina fútil que sonha com um marido ideal), Filipe (o medroso aventureiro), Miguelito (personagem que nunca entende o que Mafalda fala). E se concluiu que eles são também arquétipos e estereótipos da sociedade argentina dos anos 60 e 70.

O Clube de Leitura de março vai ser na sexta-feira, dia 18, às 15h30. O livro em debate é O amante, de Marguerite Duras.

Compartilhe

Deixe um Comentário

7 + 1 =