Aniversário João Ubaldo

0

Nesta sexta-feira, 23 de janeiro, o escritor e jornalista João Ubaldo Ribeiro completaria 74 anos. Morto no ano passado, ele foi membro da Academia Brasileira de Letras (ABL). Escreveu os romances Sargento Getúlio, Viva o povo brasileiro, O sorriso do lagarto e A casa dos budas ditosos.

Baiano de nascimento, mudou ainda bebê para Aracaju, em Sergipe. Voltou a morar em Salvador, onde terminou a educação formal, passou a estudar Direito e tentou uma vaga para trabalhar no Exército.

A educação militar acabou não dando certo e ele resolveu fazer pós-graduação em Administração Pública. Em 1964, iniciou o mestrado em Ciência Política nos Estados Unidos.

Um pouco antes, em 1957, estreou no jornalismo, onde trabalhou como repórter, redator, chefe de reportagem e colunista do Jornal da Bahia; foi também colunista, editorialista e editor-chefe da Tribuna da Bahia.

Ao longo da vida, colaborou para publicações como O Globo, A Tarde, Estado de S. Paulo, Die Zeit (Alemanha), The Times Literary Supplement (Inglaterra), O Jornal (Portugal) e Jornal de Letras (Portugal).

O autor também foi professor da Escola de Administração e da Faculdade de Filosofia da Universidade Federal da Bahia e professor da Escola de Administração da Universidade Católica de Salvador.

Em 1963, escreveu seu primeiro romance, Setembro não faz sentido.

O sucesso viria em 1971, quando publicou Sargento Getúlio, que lhe rendeu o Prêmio Jabuti, na categoria “Revelação de Autor”.

Em 1984, editou Viva o povo brasileiro e, novamente, recebeu o Prêmio Jabuti na categoria “Romance”.

Em 1989, lançou O sorriso do lagarto, outro sucesso de público e crítica. A obra foi adaptada para televisão pela Rede Globo.

João Ubaldo Ribeiro ganhou em 2008 o Prêmio Camões, o mais importante da literatura em língua portuguesa. Na ABL, foi eleito em 7 de outubro de 1993, na sucessão de Carlos Castello Branco.

 

Confira os livros de João Ubaldo na BVL E BSP:

 

o sorriso do lagarto, livro de joao ubaldo ribeiro

O sorriso do lagarto

Em um livro de personagens complexos, o autor procura abordar temas como a ambição humana, o amor e as ameaças do mundo moderno.

sargento getulio, livro de joao ubaldo ribeiro

Sargento Getúlio: romance

Ambientado no Nordeste dos anos 50, narra a história de Getúlio Santos Bezerra, homem de confiança de um poderoso coronel de Sergipe, que precisa levar um preso político de Paulo Afonso até Aracaju.

viva o povo brasileiro, livro de joao ubaldo ribeiro

Viva o povo brasileiro

Obra que confirmou definitivamente o lugar de João Ubaldo Ribeiro entre os maiores escritores de língua portuguesa.

o rei da noite, livro de joao ubaldo ribeiro

O rei da noite

O escritor procura extrair o universo hiperbólico da boemia, os contrastes entre passado e presente, tradição e novidade. Tendo como pano de fundo lugares de forte ligação afetiva, como o já lendário boteco do Leblon e a também Itaparica.

o albatroz azul, livro de joao ubaldo ribeiro

O albatroz azul

Vida, morte e renovação são os temas que se apresentam como o eixo em torno do qual se desenrola a trama deste romance. O albatroz azul traz a história de um homem muito velho que busca apreender algum sentido na vida.

a casa dos buda ditosos, livro de joao ubaldo ribeiro

A casa dos budas ditosos

O livro traz a história de CLB, uma mulher de 68 anos, nascida na Bahia e residente no Rio de Janeiro, que jamais se furtou a viver com todo o prazer e sem respingos de culpa as infinitas possibilidades do sexo.

Compartilhe

Deixe um Comentário

15 + 13 =