Abertura da exposição Vilanova Artigas – A mão livre do vovô

0

No sábado, 18 de julho, a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL) promoveu a première da exposição Vilanova Artigas – A mão livre do vovô. Ao longo do dia foram realizadas diversas atividades paralelas, sempre tentando explorar a relação lúdica entre avôs e infância, já que a mostra expositiva traz desenhos que um dos mais importantes arquitetos brasileiros realizou em parceria com os netos.

O evento contou com a presença do secretário de Estado da Cultura, Marcelo Mattos de Araújo, do presidente do conselho de administração da SP Leituras, Marino Lobello, do diretor-executivo da SP Leituras, Pierre André Ruprecht, da diretora geral do Museu da Casa Brasileira (MCB), Miriam Lerner, e de Rosa Artigas, filha do arquiteto cujo centenário de nascimento é celebrado pela iniciativa da BVL e do MCB.

A manhã de sábado começou com um Segundas Intenções especial: participaram do bate-papo os autores Michel Gorski e Sílvia Zatz, autores do livro A mão livre do vovô, obra que inspirou a exposição. Na fala, os autores comentaram sobre as suas trajetórias literárias e explicaram o processo de criação do mais recente lançamento. “A nossa parceria dá certo porque temos olhares e formações diferentes. Somos complementares”, afirmou Sílvia. “Fazer este livro foi um grande presente”, disse Gorski.

Ao meio-dia foi aberta a exposição ao público, e em seguida, realizada uma visita guiada por Rosa Artigas. Ela comentou sobre como surgiu a ideia da exposição e falou sobre a as técnicas usadas nos desenhos, além de contar os bastidores e as histórias das obras expostas. Elogiou a BVL e o MCB pela realização do evento e disse que o sucesso da mostra “foi devido a espírito que envolveu as pessoas que participaram do projeto”.

Para finalizar, já no período da tarde, foram realizadas duas ações com a contadora de histórias Kiara Terra. Uma delas foi a oficina Tempo presente, que contou histórias sobre contar histórias. A segunda atividade foi no programa permanente Hora do Conto, com a contação A mão livre do vovô, também inspirada no livro. “Cada desenho do Artigas é um universo. Na BVL tentei buscar na imaginação do público de quais as histórias que a gente pode contar juntos”, finaliza a atriz.

Confira a cobertura fotográfica do evento nas lentes da jornalista Débora Klempous.

 

 

Compartilhe

Deixe um Comentário

8 + dezoito =