A propriedade (Rutu Modan)

0

capa_a_propriedadeDepois da morte do filho, Regina Segal leva a neta, Mica, a Varsóvia para recuperar uma propriedade da família, perdida durante a Segunda Guerra Mundial. À medida que elas vão conhecendo a moderna Varsóvia, Regina é obrigada a enfrentar as difíceis memórias de seu passado e Mica começa a se perguntar se as razões da viagem não seriam diferentes do que a avó a levara a crer. Rutu Modan nos põe em contato com um mundo povoado por velhos rabugentos, funcionários públicos espertalhões e mulheres teimosas um mundo cujo realismo se expressa ora no comportamento absurdo das pessoas, ora nas complexas consequências de seus sacrifícios. A sagacidade de Modan reflete perfeitamente no estilo claro e linear de seus traços, ao passo que um colorido sutil, quase pastel, complementa as nuances verossímeis de sua caracterização. Profundo e penetrante, elegante e sutil, A propriedade é um triunfo gráfico e narrativo que consolida a inserção de Modan no rol dos maiores quadrinistas da atualidade. Uma história de família, segredos e amor.

Compartilhe

Deixe um Comentário